A VIDA NÃO É UM JOGO NELA SÓ HÁ VENCEDORES

         A participação em competições faz com que haja apenas um vencedor, todos os demais são perdedores. Em competições esportivas costuma-se dizer que o segundo colocado é o primeiro perdedor.

     Uma forma de competição é tomarmos os outros como termo de comparação e ver neles adversários a serem superados. Ao buscar vencer os outros há grande probabilidade de alcançarmos a derrota no lugar da vitória.

     No lugar da competição devemos objetivar a autossuperação. Ela corresponde a procurarmos ser hoje melhor do que ontem e amanhã melhor do que hoje. Deixamos de competir com os outros e assim conquistar a possibilidade de sermos sempre vencedores.

          A autossuperação é recurso que permite resultados melhores do que a competição. Apresento um caso em que Stephen Covey, autor do livro “Os Sete Hábitos das Pessoas Altamente Eficazes”, mostra isso em relação aos vendedores de uma grande empresa.

      Quando elegemos a autossuperação estaremos mais propensos a cooperar, pois não temos como objetivo derrotar os outros.