SORTE E AZAR

       Na criação de Deus não há espaço para o acaso, assim não há sorte e tampouco azar. O que existe são sementes a serem lançadas no solo de nossas experiências. A boa semeadura rende excelente colheitas, as equivocadas requerem o replantio com sementes adequadas. Com as formas de semeadura que temos -- ações, palavras e pensamentos -- traçamos nosso destino.

        O destino não está escrito, nos o escrevemos com a qualidade de nossa caligrafia, representada pelas condições  de nossas escolhas na hora de lançarmos as sementes.