RELACIONAMENTOS - A ARTE DA CONVIVÊNCIA

SUMÁRIO Clique sobre o item desejado

 

O PONTO DE PARTIDA - PRECONDIÇÕES

Convivência a arte da vida

A contribuição de Dale Carnigie   

Amar a si próprio

Assuma a responsabilidade pelo que sente

Há vítimas ou apenas responsáveis?

Crie uma voz interior benéfica 

Para ter um bom relacionamento consigo mesmo

Mantenha sua capacidade de escolher e agir

BARREIRAS A SEREM SUPERADAS

Apego e fanatismo

Como vencer a carência

Desista de querer mudar as pessoas

Julgamento, percepção, expectativa, frustração,

   cobrança e afinidade

Melindre, barreira a ser superada

O impacto das frustrações

Pessoas difíceis

Saia da ilusão da dependência emocional

Só se ganha uma discussão evitando-a

FUNDAMENTOS

A família ensina pelo exemplo

A pergunta tem mil e uma utilidades

A vida não é um jogo nela só há vencedores

Alteridade - Valorizar as diferenças

Como fazer o amor dar certo

Dar o peixe ou ensinar a pescar

Defina claramente suas expectativas

Limite da responsabilidade

Para receitar primeiro é necessário diagnosticar

Poder da confiança

Poder e autoridade

Presentes da internet "O doce aroma do café-

 A arte de viver juntos-Uma lenda chinesa"

Proativo é ser responsável e ter iniciativa

Quem somos e o que fazemos

Resiliência em nove passos

Responsabilidade pelo sucesso nos relacionamentos

Ser admirado é desejo mais profundo do que ser amado

Sinergia e alteridade fundamentos para a cooperação

HABILIDADES BÁSICAS

Competência para executar tarefas, comunicar e conviver

Excelência nos relacionamentos

O próximo mais próximo

Três habilidades - Fazer, comunicar e conviver

HABILIDADES PARA SEREM TREINADAS

Amar pode ser fácil se soubermos como amar

Buscar o que se quer ou livrar-se do que não se quer

Como fazer as pessoas se sentirem importantes

Como lidar com os conflitos

Cultivar relacionamentos e amizades

Motivar por aproximação ou afastamento

O "Bastão Falante" - Ouvir para compreender o outro

O exame do triplo filtro de Sócrates

Elevar ou rebaixar as pessoas - O princípio do elevador

Ouvindo com assertividade

Seja um bom ouvinte, incentive as pessoas a falarem

   sobre elas mesmas

CNV- COMUNICAÇÃO NÃO VIOLENTA

Comunicação não violenta

A comunicação que nos afasta da vida e das pessoas

Observar sem julgar

Identificando e expressando sentimentos

Assumindo a responsabilidade por nossos sentimentos

Pedindo aquilo que enriquecerá nossa vida